AS 30 UTILIZAÇÕES MAIS POPULARES DO VINAGRE DE SIDRA

Em destaque

Existem 1001 utilizações medicinais, higiénicas, alimentares, entre outras, do vinagre de sidra. É visto por muitos como um elixir que resolve tudo, desde a mancha de calcário na torneira até à enxaqueca.

Aqui ficam as 30 utilizações mais populares e racionais do vinagre de sidra. A publicação deste artigo tem como fim informar, não significando que concordamos totalmente com todas estas utilizações. Continuar a ler

RECEITAS COM BETERRABA

Considerada por muito como uma dádiva da natureza, a beterraba tem várias utilizações culinárias. Aqui ficam algumas sugestões de receitas com beterraba assim como algumas direcções sobre como manusear e cozinhar beterrabas. Continuar a ler

A BETERRABA

Originária da Europa, pensa-se que beterraba é utilizada como alimento e medicamento desde o neolítico. Porém o primeiro registo escrito sobre a beterraba surge na Mesopotâmia no século VIII AC. Têm surgido provas que várias culturas consumiam este alimento, desde os egípcios os gregos aos romanos até aos povos bárbaros. Continuar a ler

AS URTIGAS

Urtiga significa em latim nada mais nada menos que “a que arde” e são conhecidas pelo seu efeito nefasto quando entram em contacto com a pele. As Urtigas crescem em climas temperados ou tropicais e podem ser encontradas facilmente no Mediterrânico e América do Sul.

As suas propriedades são conhecidas desde a antiguidade e por todo o mundo, desde a Grécia antiga até aos povos tribais da América do Sul. Faz assim parte do folclore mundial mas apesar de tudo, na generalidade, ninguém gosta delas.

As urtigas podem ter várias finalidades terapêuticas pois têm minerais e vitaminas como Vitaminas B1, B2, B3, B5, C, K, cálcio, ferro, magnésio, potássio e ainda são ricas em proteínas. São um analgésico, anti-inflamatório e diurético por excelência. Por todo o mundo as urtigas têm sido utilizadas para tratar e prevenir várias doenças através de infusão tónicos e chás. Mas as propriedades das urtigas não se ficam pela medicina natural. Vários laboratórios farmacêuticos já se renderam às propriedades desta planta e usam frequentemente os seus extractos no fabrico de medicamentos e loções. Continuar a ler

MEDICINA NATURAL PARA CRIANÇAS E BEBÉS

Em destaque

Para todos que têm bebés e crianças pequenas, aqui ficam receitas e truques naturais que apesar de durante séculos terem passado de geração em geração hoje em dia estão esquecidos e são frequentemente substituídos por medicamentos químicos e manipulados. Continuar a ler

A COUVE

Em destaque

As couves, devido ao seu alto e valioso valor nutricional são um dos principais legumes utilizados na medicina tradicional desde a antiguidade. Julga-se mesmo que na antiguidade em algumas civilizações as couves eram utilizadas somente com o fim medicinal e não gastronómico.Nas antigas civilizações da Grécia e Roma costumava-se comer couve antes de uma refeição farta, ou simplesmente para prevenir doenças do estômago ou uma indisposição.

No Egipto costumava ser uma prática comum ingerir algumas folhas de Couve em vinagre antes de um grande banquete ou festa, esta prática tinha como fim prevenir uma eventual ressaca. Mas é mais tarde, no final da idade média, após este vegetal ter ganhado uma grande popularidade entre os povos Europeus, que surge o termo “médico do povo” associado à couve. A couve era utilizada para a cura das mais diversas enfermidades, e havia ainda a ideia de se comer couve diariamente evitaria o aparecimento de doenças. Continuar a ler

MONUMENTOS NATURAIS: PEDRA FURADA

A Pedra Furada, um geomonumento, situa-se na estrada da Graça, Distrito de Setúbal, integrando-se assim num dos pólos do Museu Nacional de História Natural.

Tendo uma história de mais de 3 milhões de anos, foi só em 1837 que foi “reconhecido” e descrito. Foi o Barão Von Eschwege que o descreveu como “Vegetais que foram envolvidos nas dissoluções ferruginosas à roda deles”. Posteriormente em 1916 o Coronel Marques da Costa também reconheceu este fenómeno e descreveu a pedra furada como sendo um vestígio de uma estrutura maior, e receou que esta também poderia vir a desaparecer. Também o Coronel tentou explicar a origem desta estrutura e descreveu-a como “forma de uma série de agulheiros de secções muito variadas”. Continuar a ler

PASTA DE DENTES CASEIRA

Em destaque

Ao Fazer você mesmo a sua própria pasta de dentes, para além de estar a economiza algum dinheiro e de saber o que está a consumir, estará a recusar consumir produtos fabricados em massa que são responsáveis pelo desperdício de materiais (como por exemplo embalagens) e poluição.

Ver também PASTA DE DENTES CASEIRA II em :

https://vnatura.wordpress.com/2009/03/05/pasta-de-dentes-caseira-ii/ Continuar a ler