AS URTIGAS

Urtiga significa em latim nada mais nada menos que “a que arde” e são conhecidas pelo seu efeito nefasto quando entram em contacto com a pele. As Urtigas crescem em climas temperados ou tropicais e podem ser encontradas facilmente no Mediterrânico e América do Sul.

As suas propriedades são conhecidas desde a antiguidade e por todo o mundo, desde a Grécia antiga até aos povos tribais da América do Sul. Faz assim parte do folclore mundial mas apesar de tudo, na generalidade, ninguém gosta delas.

As urtigas podem ter várias finalidades terapêuticas pois têm minerais e vitaminas como Vitaminas B1, B2, B3, B5, C, K, cálcio, ferro, magnésio, potássio e ainda são ricas em proteínas. São um analgésico, anti-inflamatório e diurético por excelência. Por todo o mundo as urtigas têm sido utilizadas para tratar e prevenir várias doenças através de infusão tónicos e chás. Mas as propriedades das urtigas não se ficam pela medicina natural. Vários laboratórios farmacêuticos já se renderam às propriedades desta planta e usam frequentemente os seus extractos no fabrico de medicamentos e loções. Continuar a ler

Anúncios

A COUVE

Em destaque

As couves, devido ao seu alto e valioso valor nutricional são um dos principais legumes utilizados na medicina tradicional desde a antiguidade. Julga-se mesmo que na antiguidade em algumas civilizações as couves eram utilizadas somente com o fim medicinal e não gastronómico.Nas antigas civilizações da Grécia e Roma costumava-se comer couve antes de uma refeição farta, ou simplesmente para prevenir doenças do estômago ou uma indisposição.

No Egipto costumava ser uma prática comum ingerir algumas folhas de Couve em vinagre antes de um grande banquete ou festa, esta prática tinha como fim prevenir uma eventual ressaca. Mas é mais tarde, no final da idade média, após este vegetal ter ganhado uma grande popularidade entre os povos Europeus, que surge o termo “médico do povo” associado à couve. A couve era utilizada para a cura das mais diversas enfermidades, e havia ainda a ideia de se comer couve diariamente evitaria o aparecimento de doenças. Continuar a ler

CONSTIPAÇÕES: COMO COMBATER E EVITAR

Como se apanha uma constipação

As constipações e as gripes são provocadas por infecções virais e são extremamente contagiosas. Tossir ou espirrar num espaço fechado são os meios mais fáceis de propagar uma infecção, pois o muco no nariz e na garganta do doente está cheio de vírus. Estes vírus podem sobreviver horas em objectos como maçanetas de portas e telefones, assim sendo se estiver em contacto com uma pessoa constipada lave as mãos com frequência. Continuar a ler